Marinilda Boulay, 1960, nasceu, vive e tem seu ateliê na cidade de Socorro-SP nas montanhas do café, entre São Paulo e Minas Gerais.

Artista visual, curadora, pesquisadora, produtora cultural, formada em Interpretação Teatral pela ECA – Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo, com DEA e Doutorado no Instituto de Estudos Lusófonos e Brasileiros pela Université de la Sorbonne Nouvelle – Paris III, na França, onde morou 12 anos.

Sem jamais cursar uma escola de artes visuais, Marinilda Boulay é uma artista autodidata com grande afinidade com a arte popular, e a arte chamada naïf, ou singular. Com participação nas principais mostras para essa estética, consolidou sua carreira no circuito nacional e internacional: « Les Rendez-vous des Naïfs » na França (2019) Festival de Arte Naïf de Katowice na Polônia  (2018 – 2019); MIANM – Museu Internacional de Arte Naïf de Magog no Canadá (2019 e 2020); 4ª Bienal Internacional de Arte Gaia, em Portugal (2021).

Exposições com um panorama atual de seu trabalho em museus e instituições prestigiosas no Brasil como sua individual no Museu do Sol, em Penápoli-SP, mais importante museu da América Latina para a arte naïf e singular, onde apresentou em 2021-2022 a « Itinerância B de Bananal ». Foi curadora, produziu e participou com obras no « Salão Paulista de Arte Naïf » e na exposição « Naïfs, Modernistas, contemporâneos. Homenagem à Semana de Arte Moderna de 1922 », ambas no Museu de Arte Sacra de São Paulo, em 2021 e 2022 respectivamente. Pan Techné, no Espaço Cultural Correios, Rio de Janeiro, e Museu dos Correios, Brasilia (2021 e 2022). FIAN – Festival Internacional de Arte Naif de Guarabira, PB, que aconteceu no Museu de Arte Naïf da Paraíba (2018 e 2019). Exposição Internacional Universo da Alma Ingênua, em Vitória, ES. Marinilda é uma das idealizadoras e realizadoras das 3 edições da BINaïf – Bienal Internacional de Arte Naïf em 2017, 2019 e 2021, no Museu Municipal da Estância de Socorro-SP, nas quais participou com obras.

É representada pela Galerie Emmanuelle Rousse (França), onde expõe atualmente uma mostra  individual composta por aquarelas: « Brésil  – Voyage Pictoral – Marinilda Boulay » (até 30 de junho, 2022).

Suas obras integram as coleções do Museu do Sol (Penápolis, SP); MIMAN (Mini Museu de Arte Naïf) de Paraty; Museu de Arte Naïf da Paraíba; Museu Municipal da Estância de Socorro,SP e de importantes colecionadores privados.

Foi contemplada com o Prêmio Culturas Populares, oferecido pelo Ministério da Cultura brasileiro em 2018. Recebeu prêmios do ProAC, Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo, através da sua Secretaria da Cultura e Economia Criativa, para a realização de projetos elaborados por ela envolvendo exposições, nas quais além de idealiza-las e produzi-las, apresentou suas obras, compreendendo a publicação de seus respectivos catálogos, tais como: « Fitas e Flores » (2013); « Congadas, cortejo de cores e devoção » (2018 e 2019) e « Benzedeiras, tradição milenar de cura pela fé » (2019 e 2020).

É diretora da produtora cultural Totem, criada em Socorro-SP em 1998, coordenando seus projetos culturais e artísticos desde então, muitos deles com incentivo da Lei Rouanet, e de editais do Governo do Estado de São Paulo. Presidente do ITC, Instituto Totem Cultural, associação sem fins lucrativos, criada em 2008 em Socorro-SP, que além de editora, promove o voluntariado, a arte, a cultura, e a proteção dos nossos biomas. Sites: totemcultural.org.br/expo 

totemusicais.com.br  marinildaboulay.art.br  Instagram e Facebook: @marinildaboulay

A beleza e a arte

aproximam o homem de Deus

Visite nosso ateliê em Socorro-SP

Obras a venda no site: blombo.com

Nossa loja virtual està ainda em fase de teste.

Agradecemos sua compreensão.

novidades!

obras recentes

Envie-nos seu email e receba nossa newsletter

Curadorias e realizações com parceiros

Bienal
Internacional
de Arte Naif
Totem Cor-Ação

próximos eventos

PAGAMENTO FACILITADO

COMPRAR SEGURA

ENCOMENDAS